quarta-feira, 27 de abril de 2011

Um dia,acordo fria,
séria,muda,surda
Abstenho-me de bom-dia,
meu sorriso tem folga
toda manhã...
Recorro ao café que
queima levemente a língua,
uma...duas xícaras,
mas ainda continuo fria,
vazia,inexpressiva,vadia,
complexa e cega...
Foi o que sonhei,
ou será o que estou pensando?
Não,nada foi
que valha a pena relembrar,
então,
apenas acordei
e é apenas mais um dia.

11 comentários:

  1. Forte, expressivo. Não encontro a palavra certa, mas estou a captar um mesmo "feeling" nos teus últimos poemas. Sei que ao expressar isso que não sei bem nomear teus textos adquirem uma substância poética muito densa, ganham em complexidade e e qualidade artística. Parabens!

    ResponderExcluir
  2. Getulio,

    Deve ser o momento,a fase.Embora tenha ficado satisfeita com os últimos textos,ainda tenho muito o que melhorar para alcançar uma boa qualidade artística. Obrigada por tanta gentileza.

    =)

    ResponderExcluir
  3. isso, essa incerteza sobre o óbvio. muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom. Gosto da sua maneira forte de escrever. Tb tento escrever assim.
    Parabéns!
    Fica c/ Deus. Bjão!

    ResponderExcluir
  5. Jefferson,

    Tb gosto dos seus escritos...são mto bons.
    Obrigada por sua visita,sempre!

    =)

    ResponderExcluir
  6. BELOS VERSOS

    SE POSSÍVEL, VISITE MEU BLOG

    WWW.SEMENTE-TERRA.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  7. Adooooooooooooorei, sei bem o que quis expressar..
    MARAVILHOSO, alcançou o ponto certo!
    Bj!

    ResponderExcluir
  8. Agradeço aos comentários, grata sempre!!!

    =)

    ResponderExcluir
  9. Muito bom!
    vc se expressa de uma bela forma parabéns!
    Seguindo-te ;)

    ResponderExcluir
  10. Obrigada Condessa, bem vinda!!!

    ResponderExcluir