sábado, 20 de junho de 2015

A vida que segue

Cara, mas a Vida tem mesmo que seguir...
A fase está boa, sinto que um pouco de maturidade em todos os aspectos, rolou e que a vida realmente adulta me pega pela mão para caminharmos juntas. Tenho um amor que parece meu, um gato que não é meu, mas ele acha que é (finalmente castrado). E muitos doces para cozinhar toda semana, o que, mais que clientes, trouxe-me amigos. Amigos de anos, de poucos anos, novos amigos, amigos que entendem a minha mensagem quando elaboro cada doce com afeto e com prazer! A felicidade era mesmo simples.

:)